A cantora barbadiana Rihanna tem trabalhado duro. Em um espaço de quase um ano, lançou dois discos – um feito que poucos artistas da era moderna conseguem.

Em 2009, Rihanna já havia gravado “Rated R”, um disco muito comentado pelo aspecto mais dark e sombrio, se comparado aos CD’s anteriores. Aliás, muitos especulam que a mudança foi pelos escândalos envolvendo seu ex-namorado, o cantor Chris Brown.

Em 2010, a artista se prepara para o lançamento de “Loud”, seu quinto disco. A primeira música de trabalho é “Only Girl (In This World)”, co-escrita e produzida pela dupla Stargate, que já trabalhou com Rihanna, Ne-Yo e Beyoncé.  Mas dessa vez, Rihanna mergulha na onda das músicas eletrônicas. Com forte influência de dance e europop, “Only Girl” tem mais chances de atrair a atenção do público do que as canções de seu disco anterior.

Na parada americana da Billboard, “Only Girl” chegou à 3ª posição entre os 100 melhores, e faturou a medalha de ouro na Billboard Hot Dance Club Songs.

A melodia é praticamente irresistível, muito bem elaborada e cheia de efeitos. Os vocais de Rihanna se encaixam perfeitamente na música. Só a letra é que perde pontos, pois podia ser melhor.

Ouvir: Rihanna – Only Girl (In This World)

Anúncios