Adele é mais um exemplo de como a internet pode dar aquele impulso na busca da fama. Em 2007, a jovem britânica postou em seu perfil do MySpace três canções suas. Isso atraiu a atenção da gravadora XL Recordings, que ofereceu à moça um contrato. Em 2008, Adele lançou 19, seu primeiro disco, e foi um sucesso de vendas no Reino Unido e em alguns países europeus.

Em janeiro de 2011, chegou às lojas o segundo trabalho da cantora e compositora, chamado 21 (só para constar, os nomes dos dois discos, 19 e 21, são referências à idade que ela tinha na época em que as canções foram criadas). E foi com este segundo CD que Adele entrou no disputado mercado musical norteamericano e ganhou bastante destaque, principalmente após uma apresentação ao vivo no programa Saturday Night Live.

A primeira música de trabalho de 21 chama-se “Rolling In The Deep”. Composta por ela mesma ao lado de Paul Epworth, a faixa foi descrita por Adele como uma “música com sonoridade dark, com influências de blues e disco”. Com vocais bem poderosos, “Rolling In The Deep” que tem uma ponta de nostalgia – em alguns momentos você até diria que a música é dos anos 70.

No Reino Unido, “Rolling In The Deep” foi um enorme sucesso, e pegou a medalha de prata na parada oficial britânica. O single conseguiu se infiltrar na Billboard Hot 100 e atingiu a 13ª posição da lista americana. “Rolling In The Deep” também está tocando no Brasil e apareceu na posição 31 da Hot 100 Singles nacional.

Anúncios