Não dá para falar de música pop sem mencionar a febre que marcou o fim dos anos 90: os Backstreet Boys. E nesta semana os rapazes reviveram popularidade em solo brasileiro, graças aos shows marcados em Recife no dia 18 de fevereiro, seguindo para Brasília (dia 20), Belo Horizonte (dia 23), Rio de Janeiro (dia 25) e São Paulo (dia 26). Todos os shows lotaram, e o de São Paulo teve seus ingressos esgotados poucos dias antes da apresentação.

Uma das canções que integraram a setlist do show foi o hit “Quit Playing Games (With My Heart)”. Composta por Max Martin e Herbert Crichlow, a faixa foi lançada originalmente em 1996 como o quarto single de Backstreet Boys, o CD de estreia da boy band americana.

“Quit Playing Games” tem uma história, no mínimo, curiosa. Embora seja um grupo norteamericano, os Backstreet Boys começaram a carreira fora dos EUA. Seus dois primeiros discos, Backstreet Boys (1996) e Backstreet’s Back (1997) foram lançados na Europa, Ásia e na América Latina, mas não em sua terra natal. Foi apenas em 1997 que a boy band viu seu primeiro CD nas prateleiras das lojas dos EUA – e isso em uma edição diferente, exclusiva, que trazia metade das faixas do CD de 1996 e metade das canções do álbum de 1997.

Com isso, “Quit Playing Games” foi para o mercado internacional a quarta música de trabalho do primeiro disco dos BSB, e foi para os EUA o primeiro single do primeiro disco lançado lá – que para o resto do mundo, é na verdade o segundo CD. Deu para entender?

Apesar das diferentes estratégias de divulgação, o single foi um sucesso. Foi primeiro lugar na Áustria, na Alemanha e na Suíça. Nos EUA, pegou o segundo lugar da Billboard Hot 100, com mais de dois milhões de cópias vendidas.

Vamos compartilhar neste artigo três versões diferentes de “Quit Playing Games”:

  • Original Version – os vocais principais da primeira e segunda estrofe são feitos apenas por Brian Littrell e o bridge é cantado por AJ McLean. Esta versão esteve disponível nas primeiras tiragens internacionais do álbum Backstreet Boys.
  • LP Version – esta é a mais conhecida, com Nick Carter nos vocais da segunda estrofe após o refrão. Ao perceberem a popularidade de Carter entre os fãs, acharam uma boa tática regravar a canção dando maior participação a ele.
  • Italian Version – uma rara versão em italiano, chamada “Non Puo Lasciarmi Cosí”, foi lançada para o fãs da Itália. Nesta, quem faz os vocais principais são Howie D. e Kevin Richardson, com AJ McLean no bridge.