Celine Dion


No dia 27 de fevereiro, Celine Dion teve a oportunidade de fazer uma performance ao vivo nas premiações do Oscar. Em 2011, a cantora canadense fez a sua versão do clássico “Smile”, durante o segmento “In Memoriam” da premiação. Este segmento mostra fotos e vídeos dos artistas, diretores, produtores e outros profissionais da área cinematográfica que faleceram durante 2010.

“Smile” foi composta em 1936 por Charles Chaplin, como trilha instrumental do filme The Modern Times (Tempos Modernos, no Brasil). Em 1954, John Turner e Geoffrey Parsons compuseram uma letra para a melodia, e Nat King Cole foi o primeiro artista a gravá-la.

Desde então, dezenas de covers foram feitos pelos mais diversos artistas: Natalie Cole, Diana Ross, Tony Bennet, Luiz Miguel, Michael Jackson, Westlife, o elenco do seriado Glee e até Djavan.

Ao todo, Celine Dion fez seis apresentações em cerimônias do Oscar, tornando-se a artista com mais performances ao vivo na história da premiação.

Se eu fosse elaborar uma lista com as músicas que eu classificaria como perfeitas, não poderia em hipótese alguma deixar faltar esta canção.

“A New Day Has Come” foi o primeiro single extraído do disco de mesmo nome lançado em 2002 por Celine Dion. Este foi o seu oitavo disco em inglês e o 28º de sua carreira (até então). O álbum foi um enorme sucesso em todo o mundo, aparecendo na primeira posição na lista dos CD’s mais vendidos em 22 países diferentes.

Com a música “A New Day Has Come”, Celine conseguiu ficar 21 semanas consecutivas na primeira posição da Billboard Hot Adult Contemporary Tracks. Apesar de não haver o lançamento de um CD-Single nos EUA, a música chegou à 22ª posição da Billboard Hot 100. Isso por si só já é uma grande façanha, pois a posição foi conquistada levando-se em conta apenas o número de execuções na rádio.

Entre os produtores da música está Walter Afanasieff, que colaborou com Mariah Carey em todos os seus grandes hits de 1992 a 1997. Afanasieff é um excelente músico e compositor, e certamente contribuiu bastante para que o resultado final de “A New Day” ficasse perfeito.

Dion explicou o significado da canção durante as filmagens do videoclipe:

“Para mim e para René, a canção é sobre o nosso filho. Mas o que eu realmente gosto nela é que todo mundo pode se relacionar a ela de maneiras diferentes. Para mim, ‘Um Novo Dia Chegou’ pelo meu novo disco, pelo nascimento de meu filho. Para você, pode ser outra coisa diferente: se você muda alguma coisa ou faz algo novo em sua vida, poderá se identificar com ela”.

No disco foram colocadas duas versões de “A New Day Has Come”: a “Radio Remix” e a “Album Version”. A primeira, com mixagem pop, foi usada no clipe e enviada às rádios. A segunda é uma versão mais lenta e orquestrada, mas tão boa quanto a outra.

Mas, afinal de contas, o que faz “A New Day” entrar no meu ranking de músicas perfeitas? Bem, é difícil explicar. Acho a melodia muito agradável, a letra é bastante positiva, sem deixar de lado o inquestionável vocal de Celine. Mas acima de tudo está o fato de “A New Day” me lembrar de uma época boa…

Ouvir: Celine Dion – A New Day Has Come [Radio Remix]

Ouvir: Celine Dion – A New Day Has Come [Album Version]