Jordin Sparks


Jordin Sparks finalmente lançou a primeira música de trabalho de seu novo disco. A canção “I Am Woman” é o carro-chefe de seu terceiro álbum de estúdio, ainda sem nome e sem previsão de lançamento.

Co-escrita e produzida por Ryan Tedder (vocalista do OneRepublic), “I Am A Woman” é uma canção no estilo Beyoncé – ou seja, é daquelas que falam do “poder feminino”. Em um comentário sobre o significado de sua nova música, Jordin declarou:

“‘I Am Woman’ é uma canção que fala sobre os diferentes lados da vida de uma mulher. Pode se aplicar a uma mãe, a uma artista, a uma mulher que trabalha em uma empresa – enfim, tem tudo a ver com o que enfrentamos por sermos mulheres e como nossas vidas podem ser tão loucas (…) Tem tudo a ver com a força que uma mulher possui: como podemos fazer de tudo, e aguentar de tudo, e ainda assim estarmos no lugar certo e na hora certa.”

O single está com pouca divulgação – nem o videoclipe saiu ainda – , mas as vendas por downloads levaram “I Am Woman” para a 82ª posição da Billboard Hot 100. Não há informações sobre se o novo CD de Sparks será vendido no Brasil. O disco Battlefield, de 2009, não foi lançado em áreas nacionais, o que pode ser um indício de que o terceiro álbum da ex-American Idol talvez não venha para cá.

Deem uma olhada na capa do single. Notaram algo diferente na silhueta de Jordin? Pois é. Após dieta e exercícios, a cantora emagreceu 13 quilos. “Sempre me achei bonita”, disse ela a uma revista americana, “mas agora me sinto mais sensual”.

 

Anúncios

Muitas expectativas têm surgido com respeito ao terceiro disco de Jordin Sparks, ainda mais quando saiu na imprensa uma nota de que ela estava em estúdio compondo músicas com John Legend.

Enquanto nada definitivo é revelado com respeito ao seu novo CD, Jordin continua investindo em suas parcerias com a Disney. Após regravar “Beauty And The Beast”, canção-tema de A Bela e a Fera, a jovem cantora lançou na semana passada “The World I Knew”, tema de African Cats, produção sob o selo DisneyNature que estreará ainda neste mês de abril nos EUA.

DisneyNature é uma subdivisão da empresa destinada à produção de documentários sobre a vida selvagem, iniciada em 2007. Até o momento, três longas-metragem foram lançados sob o selo DisneyNature, e African Cats é o próximo da lista. Este utilizará filmagens reais de uma família de leões e de uma família de cheetas, feitas nas savanas africanas.

“The World I Knew” esteve em execução apenas na Radio Disney, e até o momento não há informações sobre se a canção terá um lançamento oficial como single.

Neste mês de novembro de 2010, o clássico desenho dos estúdios Disney “A Bela e a Fera” foi relançado no formato Blu-Ray. Perto de completar 20 anos de existência, a animação teve suas imagens restauradas para o formato HD (alta definição).

Outra novidade presente no relançamento é a regravação da música tema “Beauty And The Beast”. Inicialmente, a canção ficou famosa na voz de Celine Dion em dueto com Peabo Bryson, e inclusive ganhou o Oscar de “Melhor Canção Original” em 1992. Com “Beauty And The Beast”, Celine Dion começou a ser conhecida internacionalmente.

Neste ano, a vencedora do “American Idol” Jordin Sparks gravou uma nova versão dessa música para o relançamento do filme. Embora tenha gravado um clipe para “Beauty And The Beast”, a faixa não aparece (por enquanto) em nenhum CD da cantora, e nem é um single oficial.

Em sua releitura, é difícil à primeira vista (ou melhor dizendo, ouvida) relacionar a versão de Jordin com a original de Celine Dion. A instrumentação foi totalmente rearranjada e reconstruída de um modo que atraia ouvintes da geração moderna. De balada romântica, “Beauty And The Beast” foi convertida para uma música pop com influências de R&B.

Jordin dá muito bem conta do recado, já que seus vocais são praticamente impecáveis e poderosos. Os novos arranjos são bem suaves, e parecem que se encaixam bem com um tema de desenho animado. Por outro lado, ainda acho difícil que o cover possa se igualar à interpretação de Celine Dion. Afinal de contas, não dá para bater de frente com uma canção que conquistou a tão almejada estatueta de ouro da indústria do cinema…

Ouvir: Jordin Sparks – Beauty And The Beast