Pode parecer exagero, mas para mim “Fireflies” é uma das melhores músicas que já apareceram nos últimos dez anos. O single de estreia do Owl City conquistou audiências no mundo inteiro e se tornou um hit número 1 em vários países durante 2009.

O desafio aparece quando o artista enfrenta a responsabilidade de produzir um conteúdo melhor do que seus trabalhos anteriores. E o Owl City infelizmente anda nesta corda bamba. Nenhuma das músicas de trabalho posteriores a “Fireflies” emplacou. Apesar de pessoalmente curtir “Vanilla Twilight”, achei “Umbrella Beach” e “To The Sky” muito fracas para manter o Owl City nos holofotes.

Mas nem tudo está perdido: o novo single do Owl City, “Alligator Sky”, pode trazer Adam Young de volta às paradas. A canção serve como primeira música de trabalho do álbum All Things Bright And Beautiful, lançado oficialmente anteontem, 14 de junho.

Existem duas versões diferentes de “Alligator Sky”: a versão álbum, com apenas Adam nos vocais, e a versão do single, que traz a participação do rapper Shawn Chrystopher. Aliás, isto é algo novo no estilo do Owl City: misturar o synthpop com o hip-hop urbano.

Até o momento, o single está sendo divulgado apenas na Europa. Não foi lançado oficialmente nos EUA e também não está tocando por aqui.

O que gosto em “Alligator Sky” é sua similaridade com “Fireflies”. Além da estrutura melódica e efeitos sonoros bem parecidos, ambas transmitem um sentimento bom, explorando bastante a temática de viagem pela imaginação. E achei muito bom que mesmo na versão com o Shawn Chrystopher, esta característica não se perdeu. Aliás, “Alligator Sky” é um dos raros casos – senão o primeiro – em que achei a versão com a participação do rapper tão boa ou melhor que a faixa original.

 

Owl City – Alligator Sky [Versão Álbum]

 

Owl City featuring Shawn Chrystopher – Alligator Sky [Single Version]